Bolo Gelado de Frutas Silvestres – Vegan

Por Cozinha das Cores

Ingredientes da Massa
2 cháv. de farinha de trigo T 65 (usei a do moleiro)
1 cháv. de açúcar integral
2 1/2 c. de chá de fermento em pó
1/2 c. de chá de bicarbonato de sódio
1/2 c. de chá de sal marinho integral (fino)
1 1/2 cháv. de leite de soja
1/2 cháv. de sumo de maçã (s/ açúcar, pode ser feito em casa)
11/2 c. de chá de extracto de baunilha (facultativo)
1/2 c. de chá de sumo de limão
1/4 de cháv. de óleo de canola (ou colza ou girassol)
Modo de Preparo da Massa
Misturar os ingredientes secos e os húmidos em taças separadas. Juntar as duas misturas, sem bater demasiado. Dividir a massa em partes iguais por duas formas levemente untadas (ou de silicone). Levara cozer cerca de 26-28 min. em forno pré-aquecido a 170º.Deixar arrefecer completamente os bolos e guardar no frigorífico.
Ingredientes da Cobertura
3oo g de frutos silvestres congelados (usei uma embalagem)
1 cháv. de açúcar integral (muito mal cheia…)
2 c. de sopa de xarope de ácer
2 c. de sopa de óleo de canola (ou colza ou girassol)
1 pitada de sal
1 c. de sopa de raspa de limão
1 pacote de tofu suave (cerca de 349 g) usei a marca Demeter
1 c. de sopa de essencia de baunilha
2 c. de sopa de leite de soja
1 c. de sopa de agar-agar em pó
Modo de Preparo da Cobertura
Levar os frutos a lume baixo em tacho tapado mexendo de vez em quando para largarem o sumo. Escorrer num passador fino , pressionando bem para retirar o máximo de líquido possível. Reservar a polpa que restar no passador.
Voltar a colocar o líquido ao lume e juntar-lhe o açúcar, o xarope de ácer, o óleo e o sal. Aquecer até o açúcar se dissolver mexendo de vez em quando.
Bater o tofu e a essência de baunilha até obter uma mistura cremosa. Juntar o agar-agar misturado com o leite à calda dos frutos, juntamente com a raspa de limão, mexendo sempre. Deixar ferver ligeiramente até o agar agar estar completamente dissolvido. Juntar esta calda ao tofu batendo sempre. Levar ao frigorífico no copo onde bateu a mistura (no meu caso foi o da bimby). Quando se utilizar este creme volta-se a bater para adquirir a consistência de um chantilly (se necessário pode adicionar-se um pouco de leite de soja).

A polpa dos frutos silvestres que reservei (não se deita nada fora) triturei bem para não se sentirem as grainhas e juntei xarope de ácer a gosto para tirar a acidez. Também foi a gelar ao frigorífico. Quando já estava tudo bem gelado cobri um dos bolos com esta polpa, coloquei o outro bolo por cima e barrei tudo com o creme.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s