Ativistas salvam golfinhos de massacre em Taiji, no Japão

Por Giovanna Chinellato (ANDA)

Para mais informações sobre a Black Fish, visite (em inglês): http://www.theblackfish.org/

Mergulhadores do grupo de conservação europeu The Black Fish cortaram recentemente seis cercados de confinamento em Taiji, Japão, libertando golfinhos que haviam sido capturados na caça matinal. Durante essa caça, os golfinhos são conduzidos de seus santuários selvagens até os cercados em Taiji. Os mergulhadores da Black Fish nadaram até os cercados e cortaram suas redes, permitindo que os golfinhos nadassem para a liberdade.

Todo ano, entre setembro e abril, o mar ao redor de Taiji se tinge de vermelho conforme testemunha o maior massacre de vida selvagem ao redor do mundo. Trazido à tona pelo documentário de Ric O’Barry vencedor do oscar The cove, o massacre anual consiste em capturar e matar mais de 2 mil animais. Os pescadores conduzem os golfinhos para a baía usando barcos – alguns viram escravos em parques e zoológicos, mas a maioria acaba morta por sua carne. A Black Fish e outras organizações têm campanhas permanentes pelo fim desses ambientes de exposição de golfinhos pela Europa.

“A conexão entre o comércio do entrenimento que abusa de golfinhos e o massacre anual em Taiji não pode continuar sendo ignorada”, disse Wietze van der Werf, cofundador da Black Fish. “Para termos sucesso em nossas campanhas na Europa, precisamos ir até a raiz do problema, que é esse absurdo em Taiji.”

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s